» Notícia da GERAL
[
18/12/2016 ] - Escolas fazem apresentações de alto nível na festa do CD 2017
 Autor: Site Carnavalesco (RJ) (www.carnavalesco.com.br)

A abertura da Fábrica do Samba foi feita em grande estilo. Em evento produzido pela LIGA, a festa de lançamento do CD duplo do carnaval paulistano de 2017 contou com a participação popular em bom número e grandes shows protagonizados pelas agremiações. As 22 agremiações filiadas à entidade participaram do evento, que contou com mais de oito horas de programação ininterrupta. Com apresentações em alto nível das agremiações, seria difícil apontar possíveis “vencedores” em uma hipotética lista pela apresentação. Vai-Vai, Mocidade Alegre, Império de Casa Verde, Tatuapé e Dragões da Real – no Grupo Especial – e X-9 Paulistana e Independente – no Grupo de Acesso – se destacaram com belas apresentações. Mas no fim das contas, quem ganhou foi samba paulistano, que agora tem um espaço de convivência e trabalho com a Fábrica e que já na primeira noite em funcionamento, pôde presenciar uma grande festa como pontapé inicial para esse novo momento.

Análise das apresentações:

Império de Casa Verde
A atual campeã mostrou na festa do CD que, no que depender da organização e da vontade de comunidade da Casa Verde, vai brigar forte pelo bicampeonato. Embalada pelo intérprete Carlos Jr, que mais uma vez mostrou viver grande momento, a Império fez uma boa apresentação na Fábrica do Samba. A escola apresentou grande contingente, que preencheu todo o espaço destinado às escolas no pátio. Destaque para a utilização de fantasias por parte de alguns segmentos da agremiação, como a Ala de Baianas e os ritmistas da Barcelona do Samba, comandada por Mestre Zoinho.

Acadêmicos do Tatuapé
Na apresentação do Tatuapé, o intérprete Celsinho Mody mostrou, mais uma vez, porque tem se destacado no carnaval paulistano. Vencedor do Prêmio Estrela do Carnaval SP 2016, promovido pelo site CARNAVALESCO, em parceria com a SASP, Celsinho mostrou sua já conhecida potência vocal e contagiou os integrantes da Azul e Branca. Uma das obras bem elogiadas da safra 2017, o samba do Tatuapé mostrou uma evolução ainda maior em comparação com o CD oficial (que na versão conta com as participações de Leci Brandão e Dominguinhos do Estácio).

Mocidade Alegre
Uma apresentação condizente com as características da Mocidade Alegre. Contando com um contingente muito grande, a Morada do Samba promoveu um espetáculo de canto e envolvimento de sua comunidade na Fábrica do Samba. No início da apresentação, fogos posicionados no exterior da Fábrica animaram os presentes. Apesar da ausência de Ito Melodia, Tiganá mostrou segurança durante toda a apresentação. No fim, um bandeirão com o escudo da Mocidade Alegre deslizou pelo pátio da Fábrica, enquanto o samba era entoado com muita força pelos componentes.

Vai-Vai
15493350_1217125195030035_1694271122794699710_oA Escola do Povo mostrou porque seu samba recebeu – e ainda recebe – elogios por sua qualidade. Com Wander Pires comandando o microfone principal e a talentosa Grazzi Brasil fazendo, assim como no CD, a introdução ao samba, a escola do Bixiga fez uma das melhores apresentações da noite. Como de costume, a agremiação alvinegra levou um grande contingente para a festa, que com o fim da apresentação, entoou à capela o samba por mais duas passadas completas.

Unidos de Vila Maria
Outra escola que levou um bom contingente de torcedores e apoiadores à Fábrica do Samba. Comandada por Clóvis Pê e pela bateria Cadência da Vila, de Mestre Moleza, a escola teve um bom rendimento ao longo dos 15 minutos de apresentação. O samba, um dos mais elogiados da safra, correspondeu às expectativas para a primeira apresentação em evento oficial e pode evoluir mais na sequência da preparação para o desfile de fevereiro.

Dragões da Real
A escola tricolor fez uma das melhores apresentações da noite. Primeira entre as escolas do Grupo Especial a se apresentar, a Dragões levou muitos componentes para a Fábrica do Samba e contou com um inspiradíssimo Renê Sobral no microfone principal. Vencedor do Estrela do Carnaval SP 2016, como melhor intérprete do Grupo de Acesso (na época estava na Tom Maior), Renê mostrou muito entrosamento com os segmentos e componentes. O cantor abriu a apresentação interpretando “Asa Branca”, de Luiz Gonzaga, que será o tema do desfile em 2017.

Gaviões da Fiel
A escola da Fiel Torcida fez uma boa apresentação. Antes do samba começar, o intérprete Ernesto Teixeira aproveitou para compartilhar do sentimento de insatisfação com a prisão de 31 torcedores que, para o cantor, estariam presos de forma arbitrária no Rio, após uma confusão na partida entre Flamengo x Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro de futebol. Após o registro, e os hinos, da Gaviões e do Corinthians como esquenta, os Gaviões mostraram que tem qualidade para buscar uma colocação mais próxima ao desfile das campeãs, em comparação com os anos anteriores. Ernesto Teixeira se destacou, pela já tradicional sustentação do obra da Fiel.

Águia de Ouro
Alvo de polêmicas no período pré-carnavalesco, o samba da Águia de Ouro teve um desempenho interessante. Comandada por Douglinhas e Fernandinho SP, a obra mostrou crescimento em relação às versões apresentadas até a definição da letra, bem como o CD oficial. A comunidade da Pompeia mostrou apoio à obra e cantou muito forte durante todo o tempo de apresentação. Embaixadora do enredo da Águia, a apresentadora Luisa Mell esteve presente no palco e atraiu a atenção de quem acompanhava a festa.

Nenê de Vila Matilde
Contando com uma apresentação muito segura de Agnaldo Amaral, a Nenê de Vila Matilde fez uma boa apresentação já na manhã deste domingo. A escola da Zona Leste, até pela distância entre o bairro e o local do evento, não contou com um dos maiores contingentes na Fábrica, mas os que puderam comparecer aos galpões do Bom Retiro, representaram bem a agremiação, cantando a todo instante.

Acadêmicos do Tucuruvi
A escola foi uma das surpresas positivas da noite. Alex Soares conduziu muito bem a obra e a comunidade, que apareceu em número considerável, mantiveram a sustentação do canto em bom nível durante todo o tempo.

Rosas de Ouro
Encerrando as apresentações, a Roseira teve em Royce do Cavaco seu grande destaque. De volta a agremiação após mais de 20 anos, o experiente Royce cantou como menino, leve. A Azul e Rosa levou um bom contingente para a Fábrica do Samba e mostrou que tem potencial para, com alguns ajustes, brigar por posições bem melhores que o 11° lugar conquistado em 2016.

Unidos do Peruche
A boa qualidade da obra perucheana contribuiu para um bom rendimento ao longo da apresentação. A comunidade demonstrou facilidade com o samba, um dos mais bem avaliados do período pré-carnavalesco. Com segurança no canto, o intérprete Toninho Penteado se destacou no microfone principal da agremiação.

Mancha Verde
Possivelmente com o menor contingente dentre as escolas do Grupo Especial, a Mancha se destacou por algo que, ultimamente, tem sido o carro-chefe dentre os segmentos da agremiação: o carro de som. Entrosados, Fredy Vianna e Thiago de Xangô, ao lado dos cantores de apoio, apresentaram mais um grande trabalho na condução do samba-enredo. Destaque também para Mestre Maradona, que comandou a bateria Puro Balanço e irá estrear na função na Mancha em 2017.

Tom Maior
Na Tom Maior, Bruno Ribas mostrou o porque não poderia ficar fora do carnaval de 2017. O intérprete, estreante na Tom, conduziu muito bem a obra da Vermelha e Amarela do Sumaré e promoveu com a escola um “arrasta-pé” em forma de samba. Com a sede atual no bairro onde fica localizada a Fábrica do Samba, a Tom Maior foi outra agremiação que preparou um show pirotécnico no entorno do local e mexeu com o público presente.

 
Deixe seu comentário, sugestão ou análise na interatividade do Facebook. Acesse e curta também nossa fanpage em facebook.com/saspcarnaval
 :: Leia as notícias mais recentes de GERAL::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
 .:: 05/01/2017 - Hoje tem mais um Debate Carnaval na Sintonia SASP
 .:: 26/12/2016 - Que tal um torneio Rio x SP de carnaval?
 .:: 22/12/2016 - A campeã de 2016 abre a temporada de ensaios técnicos de 2017
 .:: 21/12/2016 - Conheça a corte mirim do carnaval 2017
 .:: 21/12/2016 - Júri do Site CARNAVALESCO elege o samba do Vai-Vai como o melhor do Grupo Especial
 .:: 19/12/2016 - Veja as fotos da festa de lançamento do CD 2017
 .:: 19/12/2016 - TV SASP: confira as apresentações das escolas do Acesso na festa do CD
 .:: 19/12/2016 - TV SASP: confira as apresentações das escolas do Especial na festa do CD
 .:: 17/12/2016 - Sonho vira realidade. Fábrica do Samba é inaugurada para escolas do Grupo Especial de São Paulo
 .:: 15/12/2016 - SASP e LIEV: agora você saberá tudo do Carnaval Virtual
 
» [5/1] - GERAL: Hoje tem mais um Debate Carnaval na Sintonia SASP
»
[4/1] - ACADÊMICOS DO TUCURUVI: ‘Estamos inovando e saindo fora do nosso esquema tradicional’ diz presidente Jamil
»
[3/1] - UNIDOS DO PERUCHE: Unidos do Peruche comemora 61 anos com missa solene nesta quarta (04/01)
»
[3/1] - MANCHA VERDE: ‘O público vai se identificar bastante’, diz o presidente da Mancha Verde sobre o desfile de 2017
»
[1/1] - UNIDOS DE VILA MARIA: Devoto de Nossa Senhora Aparecida, cantor Daniel irá desfilar pela Vila Maria
»
[27/12] - IMPÉRIO REAL: Conheça a Império Real, a mais nova escola de samba de São Paulo
»
[26/12] - GERAL: Que tal um torneio Rio x SP de carnaval?
»
[23/12] - IMPÉRIO DE CASA VERDE: Canto é o destaque do primeiro ensaio técnico da Império de Casa Verde
»
[22/12] - UNIDOS DO PERUCHE: Mestre Call dá detalhes sobre o trabalho na bateria Rolo Compressor
»
[22/12] - GERAL: A campeã de 2016 abre a temporada de ensaios técnicos de 2017
»
[21/12] - GERAL: Conheça a corte mirim do carnaval 2017
»
[21/12] - GERAL: Júri do Site CARNAVALESCO elege o samba do Vai-Vai como o melhor do Grupo Especial
»
[20/12] - TORCIDA JOVEM: Em festa de aniversário, a Torcida Jovem apresentou novidades para o carnaval

[VEJA TODAS AS NOTÍCIAS DO MÊS]


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::
WWW.CARNAVALPAULISTANO.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!

Copyright ©2000-2016 | Todos os Direitos Reservados