::.. CARNAVAL 2002 - G.R.C.B.S. UNIDOS DE SANTA BÁRBARA................................
FICHA TÉCNICA
Data:  12/02/2002
Ordem de entrada:  8
Enredo:  Se o Problema é Evolução, Sou Folia, Sou Alegria, Sou Santa Bárbara "Pura Adrenalina Neste Carnaval"
Carnavalesco:  Anderson Paulino
Grupo:  BLOCOS - Especial
Classificação:  6º
Pontuação Total:  146,0
Nº de Componentes:  700
Nº de Alegorias :  ,
Nº de Alas :  5
Presidente:  Manoel Messias de Souza Costa
Diretor de Carnaval:  não consta
Diretoria de Harmonia:  não consta
Mestre de Bateria:  Mestre Tom e Mestre 6 Horas
Intérprete:  Nilson Valentin, Chico MB, Dé, Edvaldo e Bisk
Coreógrafo da Comissão de Frente:  não consta
Rainha de Bateria:  não consta
Mestre-Sala:  -
Porta-bandeira:  Valeska
SAMBA-DE-ENREDO
VERSÃO ESTÚDIO

UNIDOS DE SANTA BÁRBARA
COMPOSITORES: CHICO MINEIRO/ EDVALDO/ DEUSDETH/ EDSON

 

TÔ BEM FELIZ... DE BEM COM A VIDA

EU VOU PASSAR E ELETRIZAR ESSA AVENIDA

 

ADRENALINA DESDE A MINHA INFÂNCIA 

NUM DELÍRIO DE CRIANÇA

QUARTO ESCURO ERA UM TERROR 

HOJE O MEDO VIROU PRAZER

APAGO A LUZ E ASSIM A GENTE FAZ AMOR

DEIXA PERCORRER (NA VEIA) 

A SENSAÇÃO DE UM BOMBEIRO A TE SALVAR

AMO O PERIGO SIM, SOU SANTA BÁRBARA

A ENERGIA PRA QUEM QUER FICAR LEGAL 

NÃO QUERO VER MEU FIM, ÀS DROGAS DIGO NÃO

MERGULHO FUNDO NO ESPORTE RADICAL

VEJA SOU NATURAL E DIFERENTE

LOUCURA BOA PRA ESSA GENTE

ESSE É O FRISSON DO CARNAVAL

 

SENTE O CALOR DO MOMENTO 

FAZ DESSE TEMPO EMOÇÃO

CHEGOU A HORA AGORA EXPLODE CORAÇÃO

QUANDO MEU BLOCO PASSAR 

VOCÊ NÃO VAI RESISTIR

A BATERIA PROVOCANDO FRENESI.

 

SINOPSE DO ENREDO
O Grêmio Recreativo
Autor: Anderson Paulino

 

O Bloco Unidos de Santa Bárbara vem preparando para o carnaval 2002 duas idéias em um único desfile. A primeira falando sobre os efeitos e as causas da Adrenalina (hormônio produzido no corpo humano) – e a outra, por sua parte, tratando do quesito “evolução”. O primeiro será analisado em fantasias, adereços e alegorias. Já o segundo será baseado numa reformulação diferenciada do desfile de blocos na avenida, dentro do conceito regulamentado, porém com diversas novidades que vão enlouquecer a passarela do samba.

Com isso, pretendemos resgatar alguns valores dos antigos desfiles de bloco e reforçar a liberdade de evolução num trabalho mais energético. Portanto, depois da nossa apresentação, ficará muito bem esclarecida a construção de dois temas em um só. Vamos então aos dados de pesquisa...

A Adrenalina é um hormônio produzido no Supra Renal(em cima dos rins) que avisa ao nosso corpo através de sensações imediatas, quando determinado acontecimento oferece perigo, medo, novidade, ou até mesmo uma grande emoção. Desse aviso logo reagimos com arrepios nos braços, o coração acelera, o rosto fica vermelho e quente, numa sensação meio desconfortável, que pode resultar na fuga imediata da situação de causa, ou na excitação pela descoberta dos mistérios da causa. A Grande brincadeira desse desfile é viajar nessa adrenalina e encontrar os curiosos motivos pelo qual sentimos essas sensações. Num clima de grande empolgação aproveitamos também para quebrar o gelo da nota 8(oito) de evolução tomada no carnaval passado.

O mais interessante da adrenalina é que o homem vive procurando encontrá-la. Chega até a pagar por um pouquinho dela. Veja o exemplo de um parque de diversões. Passeando entre crianças e adultos vamos procurar as aventuras mais perigosas para desafiar nossa própria coragem. O coração bate forte, as pernas começam a tremer, a Adrenalina vai a mil. Na verdade o ato de enfrentar o perigo ultrapassa os limites da brincadeira e transforma-se num jogo de desafios, equilíbrio e ousadia. Outro exemplo é o artista circense, sempre criando uma aventura diferente para atrair  sua platéia. E não se tem idade para sentir essa estranha sensação.

O medo também oferece seus calafrios. Um momento de solidão, a imaginação começa a trabalhar. Vagando por uma rua deserta, sob o escuro da noite, ou pela madrugada, passando por um beco, os monstros da imaginação, o perigo real da falta de segurança em nosso país,a violência, os filmes de terror, etc. Todos esses motivos assombrosos nos despertam horripilante Adrenalina. É válido citar porém que o pânico não tem a mesma classificação, pois trata-se de uma doença, onde o medo tem reação em excesso. Os sintomas são diferentes da Adrenalina d medo, e não pertencem ao tema.

Na pré adolescência inicia-se a descoberta sexual. O menino sente uma ereção involuntária, um desejo incompreensível. A menina sente nas transformações de seu corpo o momento de mudar o comportamento(outros tipos de hormônios). Na verdade, a vida sexual sempre está disposta a nos colocar em adrenalina. O Primeiro beijo, a primeira transa, a curiosidade do jovem em revistas de mulher pelada, a descoberta da homossexualidade, o sexo explícito, os buracos de fechaduras, etc. Quando adultos, de repente surge o desejo da traição, as fantasias sexuais, as aventuras da noite; Tudo isso nos leva a uma pecaminosa sensação. A assimilação do pecado nos faz sentir criminosos, como quem comete um erro mortal. É um desafio excitante, desejado e ao mesmo tempo repugnado. Nessa adrenalina foliã, o tesão será retratado ao extremo desde os gestos mais simples da paquera até o mais safado assédio sexual.

Adrenalina também é profissão. Tomamos por exemplo o Corpo de Bombeiros, em sua sublime função de salvar vidas muitas vezes colocando a sua própria em risco. Nos incêndios, nas enchentes, nos desabamentos, enfim nas grandes tragédias, esses homens merecem nossa consideração e por vez, por que não, uma grande homenagem.

Mas o excitante mesmo é viver em perigo. Outra reação típica do espírito jovem é exacerbar suas crises de identidade em esportes radicais, que para alguns até deixa de ser um ato de rebeldia e vira profissão. Seja no Skate, no Surf, na Fórmula 1, no pára-quedismo, e tantos outros esportes desse estilo, o que vale mais é sentir aquele frio na barriga e enfrentar as barreiras, exterminar os limites, quebrar as regras, bater todos os recordes, vencer.

E finalmente, não poderíamos deixar de brincar com a adrenalina mais íntima dos sambistas. A luta contra o tempo. Foi na correria da confecção de fantasias, adereços, alegorias do Bloco Santa Bárbara, que o nosso Presidente Nel Costa conheceu sua esposa Cássia, a mais de 12 anos. Os dois são hoje ícone da existência, juntamente com a nossa presidente vitalícia Mãe Helena, grandes personalidades dentro do Bloco Unidos de Santa Bárbara - o que prova que apesar de toda adrenalina no carnaval sempre vale a pena participar dessa delirante manifestação popular. No momento da concentração, quando todo trabalho estiver realizado, eis que surge o bloco da folia da alegria, é o Santa Bárbara pura Adrenalina Neste Carnaval.

Dedico este carnaval ao meu presidente

Nel Costa e a Tesoureira Cássia

 

FANTASIAS


No h contedo para este opo.



MAIS INFORMAÇÕES SOBRE G.R.C.B.S. UNIDOS DE SANTA BÁRBARA
HISTÓRIA | CARNAVAIS | HINO | CURIOSIDADES

 


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::
WWW.CARNAVALPAULISTANO.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!

Copyright ©2000-2016 | Todos os Direitos Reservados