::.. CARNAVAL 1996 - G.R.E.S. CANDEIA DO CANGAÍBA................................
FICHA TÉCNICA
Data:  18/02/1996
Ordem de entrada:  2
Enredo:  Candeia no Centrão: Dá Samba e Baião!
Carnavalesco:  José Carlos Lisboa
Grupo:  4
Classificação:  10º
Pontuação Total:  31,0
Nº de Componentes:  500
Nº de Alegorias :  ,
Nº de Alas :  10
Presidente:  Sebastião Gonçalves da Silva
Diretor de Carnaval:  não consta
Diretoria de Harmonia:  não consta
Mestre de Bateria:  não consta
Intérprete:  Filé e Mister Jacy
Coreógrafo da Comissão de Frente:  não consta
Rainha de Bateria:  não consta
Mestre-Sala:  Mauricio
Porta-bandeira:  Vilma Gonçalves
SAMBA-DE-ENREDO

PASSO DE OURO
COMPOSITOR: FILÉ/ ZÉ DA RITA/ MISTER JACY

 

MEU SAMBA É FORTE LEVANTA POEIRA

VOU CAIR NA BRINCADEIRA SOU CANDEIA O QUE QUE HÁ

VENHO FALAR DESSA GENTE DO NORDESTE

QUE ENCONTROU NA ZONA LESTE O CENTÃO PARA FORROZÁ

 

CHEGANDO A TERRA DA GAROA

EM BUSCA DE UM FUTURO MELHOR

ERGUENDO PRÉDIOS MÃO DE OBRA IMPORTANTE

DERRAMANDO TEU SUOR

 

PLANTOU SEMENTES, COLHEU SAUDADES

AO PÉ DO RÁDIO A FELICIDADE

BRAVO MIGRANTE O ORGULHO DA NAÇÃO

MEU CONTERRÂNEO COMO VAI NOSSO SERTÃO

 

OH! MEU NORDESTE QUERIDO

COMO TENHO SOFRIDO

AO ME LEMBRAR DE VOCÊ

DANÇO BAIÃO, FREVO E LAMBADA

VOU ATÉ DE MADRUGADA E NÃO CONSIGO TE ESQUECER

 

ETA COISA BOA

FEIJÃO DE CORDA, MOCOTÓ E VATAPÁ

UMA PIMENTINHA FORTE, CACHAÇA DO NORTE

TEM NO TABULEIRO DE YAYÁ.

 

SINOPSE DO ENREDO
O Grêmio Recreativo
Autores: José Carlos Lisboa e Geraldo César Reis

 

PROPOSTA

Exaltar o Centro de Tradições Brasileiras, o Centrão e sua importância para os migrantes nordestinos e toda comunidade da Zona Leste.

PRIMEIRA PARTE: O POVO QUE VEIO DE LÁ!

Apesar do desenvolvimento, principalmente turístico, da região Nordeste, que podemos notar atualmente, voltamos a um século atrás e notar que as secas no sertão nordestino castigavam impiedosamente seus habitantes. De lá pra cá o cenário não mudou muito, levas de retirantes ainda buscam esperanças de uma vida melhor na cidade grande. São Paulo recebeu muitos deles e a sede de um bom futuro os fez incansáveis trabalhadores participando, sobretudo, na construção, erguendo prédios, constituindo importante mão-de-obra na terra da garoa. Mas o povo que veio de lá plantou sementes e colheu saudades, não é fácil esquecer tradições tão fortes, tantas raízes. O rádio amenizou a sua dor e o nordestino sonhou com as festas do seu rincão, das danças e dos costumes. Ah! a saudade é brava!

SEGUNDA PARTE: CANDEIA, CENTRÃO, ÊTA COISA BOA!

Euclides da Cunha em seu livro "Os Sertões", deixou a frase célebre: "o sertanejo é, acima de tudo, um forte". E o provaram realmente. Como presente, receberam um magnífico centro de lazer: O Centrão ou Centro de Tradições Brasileiras. Instalado no Bairro de São Miguel Paulista, conta com cerca de doze mil metros quadrados e recebe o pessoal carente de diversões da Zona Leste, mas sua fama já percorre toda capital paulista. Muitos artistas já passaram pelo Centrão, entre eles Genival Lacerda, Tânia Alves, Dominguinhos e Amado Batista. O baião e outras músicas rolam soltos nas noites dos fins de semana, mas, também não faltam pagode e música sertaneja. O cenário de tudo isso é uma linda praça com suntuosa pista de dança, a lambada é a preferida do povo, que também cai no frevo para esquentar o ambiente. Há os que vão para provar as delícias da cozinha nordestina, e tome feijão de corda, mocotó, vatapá, sarapatel servidos nas diversas barracas que ladeiam a pista de dança. Êta coisa boa! O Candeia visita o Centrão neste carnaval, mistura samba e baião.

Afinal tudo é Brasil!

 

FANTASIAS


No h contedo para este opo.



MAIS INFORMAÇÕES SOBRE G.R.E.S. CANDEIA DO CANGAÍBA
HISTÓRIA | CARNAVAIS | HINO | CURIOSIDADES

 


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::
WWW.CARNAVALPAULISTANO.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!

Copyright ©2000-2016 | Todos os Direitos Reservados