::.. CARNAVAL 1995 - G.R.C.S.E.E.E.S. IMPÉRIO LAPEANO................................
FICHA TÉCNICA
Data:  26/02/1995
Ordem de entrada:  10
Enredo:  Vivendo de Ilusão
Carnavalesco:  não consta
Grupo:  Acesso de Bairros 1
Classificação:  7º
Pontuação Total:  165,0
Nº de Componentes:  não consta
Nº de Alegorias :  ,
Nº de Alas :  não consta
Presidente:  não consta
Diretor de Carnaval:  não consta
Diretoria de Harmonia:  não consta
Mestre de Bateria:  não consta
Intérprete:  não consta
Coreógrafo da Comissão de Frente:  não consta
Rainha de Bateria:  não consta
Mestre-Sala:  não consta
Porta-bandeira:  não consta
SAMBA-DE-ENREDO

UNIDOS DE VILA MARIA
COMPOSITORES: Nelson DALLA ROSA/ EDSON SALIM

 

ILUSÃO...

DE VERDE E ROSA SOU O SAMBA PÉ NO CHÃO

OS TEUS BRAÇOS

EMBALAM MEU SOFRIDO CORAÇÃO

HOJE UM SER ERRANTE

SAI À PROCURA DE UM PRAZER ALUCINANTE

VAI, SE ENTREGA À BEBIDA

A DOCE INIMIGA DA REALIDADE

FAZ DA DROGA A SAÍDA

E SAI DA VIDA PRA ESQUECER SUA VERDADE

 

ÔÔ ÔÔ ÔÔ... SOU BATUQUEIRO

VIOLEIRO E CANTADOR

ÔÔ ÔÔ ÔÔ... SOU BRASILEIRO

UM ETERNO SONHADOR

 

DINHEIRO VAI

SE O JOGO É SORTE EU QUERO APOSTAR

E O AMANHÃ, ENTÃO COMO SERÁ?

RODA BAIANA, JOGA O TEU IFÁ!

E AO VOLTAR... O MEU DESTINO VOU DEPOSITAR

CIDADE GRANDE, GRANDE CORAÇÃO

ADEUS SERTÃO PRA NUNCA MAIS VOLTAR

 

NESTE MAR DE FANTASIA

ALEGRIA É GERAL

VOU CAIR NESSA FOLIA

ESQUECER O DIA-A-DIA

E FAZER MEU CARNAVAL.

 

SINOPSE DO ENREDO
O Grêmio Recreativo
Autores: Bonelli, Luizinha e Lucia

 

A grande maioria das pessoas possuem um vaio interior que as fazem viver em busca de mil artifícios para obterem prazer. Essa busca constante varia conforme as necessidades individuais. Alguns afogam suas mágoas num copo de bebida ou pensam encontrar nas drogas a evasão de seus sentimentos mais profundo, subestimando seus efeitos clínicos, psíquicos e sociológicos. Achando que ao passar pelos estados de violência, grandeza, alucinação poderão se livrar da realidade.

À procura da auto-afirmação pessoal, quer à nível material pensando em firmarem-se financeiramente ou até mesmo à nível de ego, atiram-se aos jogos de azar.

Há aqueles mais sérios, voltados do seu interior, na evolução do ser, intelectuais, mas, igual e interiormente vazios, pois, alheiam-se do mundo místico, os chamados esotéricos, que fazem das cartas, da quiromancia, arma para a solução de seus problemas mais variados, em busca da fortuna, da condição de suas vidas.

Piores, talvez, são aqueles que, ao invés, de buscarem seu mundo de ilusão, criam-no para levarem milhares de pessoas nele. São os que procuram atingir, através das insatisfações já não pessoais, mas sim em termos de coletividade. São chamados políticos de carreira que se aproveitam do desespero coletivo para se elegerem com uma arma forte que a vítima nem sabe ao certo, que possuem: o voto. Talvez, essa seja a mais cruel de todas as ilusões.

Pensando bem, nem mais, nem menos, cruel que a da imagem, da mídia, que ilude famílias inteiras fazendo com que as mesmas saiam de suas cidades e venham para a "cidade grande" em busca de trabalho, habitação, saúde, escola e acabam embaixo de um viaduto qualquer. Numa viagem muitas vezes sem retorno e assim continuam se iludindo que amanhã será melhor. Nesse círculo são criados heróis nacionais, que, na realidade representam a fuga constante dos problemas e preenchimento deste vazio interior, das frustrações.

Neles depositamos tudo o que queríamos de melhor, de grande, de total e que por instantes nos identificamos com eles conforme as necessidades de nossos momentos. Mas a utopia maior acontece todos os anos à todo "bom brasileiro" e a oportunidade de ser, por alguns instantes, um rei, um imperador, uma árvore, uma batata. Nesses minutos são colocados à flor da pele todas as frustrações obtidas durante um ano inteiro. Talvez, a mais pura e completa de todas as ilusões e que realmente traz a alegria não só pessoal, mas coletiva, que nos embriaga de plena satisfação e nos enche de orgulho de sermos brasileiro: o Carnaval.

 

FANTASIAS


No h contedo para este opo.



MAIS INFORMAÇÕES SOBRE G.R.C.S.E.E.E.S. IMPÉRIO LAPEANO
HISTÓRIA | CARNAVAIS | HINO | CURIOSIDADES

 


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::
WWW.CARNAVALPAULISTANO.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!

Copyright ©2000-2016 | Todos os Direitos Reservados