::.. CARNAVAL 2003 - G.R.C.E.B.E.S. IMPÉRIO DO CAMBUCI................................
FICHA TÉCNICA
Data:  03/03/2003
Ordem de entrada:  6
Enredo:  A História de uma História, Que Conta a História de uma Cidade Chamada São Vicente
Carnavalesco:  Nilson Ferreira
Grupo:  Acesso 2
Classificação:  10º
Pontuação Total:  184,5
Nº de Componentes:  1000
Nº de Alegorias :  ,
Nº de Alas :  15
Presidente:  Sandoval Rosa
Diretor de Carnaval:  não consta
Diretoria de Harmonia:  não consta
Mestre de Bateria:  Mestre Déia e Mestre Alessandro
Intérprete:  Edson Liz
Coreógrafo da Comissão de Frente:  não consta
Rainha de Bateria:  não consta
Mestre-Sala:  Rubens
Porta-bandeira:  Dora
SAMBA-DE-ENREDO
VERSÃO ESTÚDIO

IMPÉRIO DO CAMBUCI
COMPOSITORES: JUNIOR/ NEGUINHO LEO/ ANDERSON MELODIA

 

MEU CAMBUCI VAI SACUDIR

TODA NAÇÃO

O ANHEMBI VAI EXPLODIR

DE EMOÇÃO

 

VEM DE ALÉM-MAR

CARAVELAS SEM DESTINO A SEGUIR

QUE DESEMBARCARAM

NA QUERIDA PÁTRIA MÃE GENTIL

SÃO VICENTE É O ORGULHO

PARAÍSO

De BELEZAS NATURAIS

O ÍNDIO, PRIMEIRO HABITANTE DESTA TERRA

QUE HOJE É O MARCO CULTURAL

E A COLONIZAÇÃO ENTÃO SURGIU

NA PRIMEIRA CIDADE DO BRASIL

 

O NEGRO AQUI CHEGOU

TROUXE A CULTURA E O TRABALHO

COM A FORÇA NA COLHEITA, SUA CRENÇA, UMA FÉ

DESBRAVOU PARA O FUTURO DO PAÍS

 

ASSIM TODA A CIDADE SE ENCANTOU

A BELEZA QUE MEU DEUS CRIOU

QUE A ÁGUIA VEM MOSTRAR NO CARNAVAL

 

BATE FORTE O MEU PEITO VARONIL

EU SOU IMPÉRIO SÃO VICENTE DO BRASIL.

 

SINOPSE DO ENREDO
O Grêmio Recreativo
Autor: Nilson Ferreira

 

Ao longo dos séculos, as águas conduziram a vida em seu eterno balanço de berço. Com seu ir e vir nos trouxe diferentes fatores que geraram mais vidas e as fez circular por toda a terra, para então retornar a nós, através das águas que foram o caminho.

A fundação de São Vicente se funde a origem da civilização brasileira de tal maneira que seria impossível dissociá-la ao encontro do índio, branco e o negro que fez a origem do povo brasileiro.

Em uma região de fauna e flora deslumbrante, onde rios de águas claras cortam as matas, vivem os donos das terras (índios), senhores absolutos da terra. Sua cultura vai do riquíssimo artesanato ao universo místico, contemplando a natureza, celebrando a vida e a liberdade até por volta de 1532, quando o grande navegador Martim Afonso de Souza é chamado pelo rei de Portugal, Dom João III para chefiar a primeira expedição destinada a iniciar a colonização do Brasil.

Martim Afonso de Souza aqui chegou e fundou a primeira vila do Brasil, São Vicente, no dia 22 de janeiro de 1532. São Vicente viveu, em seu princípio, o tempo da conquista, do desbravamento, da posse efetiva da terra. Vários setores da economia de São Vicente começaram a se destacar, principalmente a agricultura, levando a cidade a figurar no cenário nacional. Martim Afonso desenvolveu a cultura de cana-de-açúcar e montou a primeira vinícola brasileira. Com essa iniciativa fazia nascer o Brasil econômico. O plantio de cana trouxe ao solo brasileiro os escravos negros que como os índios não se deixavam escravizar pelos homens brancos. A coroa portuguesa foi levada a traficar negros oriundos da África, que traziam suas culturas, mitos e as forças do trabalho.

São Vicente aparece no cenário da história como o núcleo de onde irradio, em todos os sentidos, a civilização brasileira, estabelecendo as bases em que se firmaram a extraordinária expansão e o desenvolvimento do Brasil. São Vicente, ao longo vicissitudes de sua própria trajetória, foi sempre percussora.

Por ser o município mais antigo do nosso país, ele é um excelente lugar para quem gosta de viajar no tempo.

As exuberantes praias de São Vicente desde as mais badaladas ou tranqüilas até mais exóticas satisfazem a todos os seus freqüentadores. São Vicente tem sido palco de grandes eventos para comemoração de datas importantes, celebrando com a grandiosidade que os vicentinos merecem. No aniversário da cidade, é promovida, uma peça teatral, com encenações do desembarque de Martim Afonso, tornaram-se uma das principais peças teatrais da região, principalmente quando passou a integrar em seu elenco o nome de alguns dos principais atores brasileiros.

A encenação tornou-se assim não só mais atração vicentina nas comemorações de sua fundação, mas também apresentar à população e aos turistas a importância de São Vicente na história do Brasil.

E dentro de uma perspectiva carnavalesca no enredo, uma caravela futurista, vianda de um lugar distante do universo, aportar na passarela do samba em pleno desfile da escola de samba Império do Cambuci, coincidência ou não, faz uma homenagem à cidade de São Vicente, traz de volta, quatro séculos depois do navegador e fundador Martim Afonso de Souza agora trazendo uma mensagem de mudança, de afirmação, de respeito e mostrando a importância do reconhecimento nacional e da proclamação oficial, que São Vicente foi a primeira capital do Brasil.

 

FANTASIAS


No h contedo para este opo.



MAIS INFORMAÇÕES SOBRE G.R.C.E.B.E.S. IMPÉRIO DO CAMBUCI
HISTÓRIA | CARNAVAIS | HINO | CURIOSIDADES

 


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::
WWW.CARNAVALPAULISTANO.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!

Copyright ©2000-2016 | Todos os Direitos Reservados