::.. CARNAVAL 1993 - G.R.C.E.S. FLOR DE VILA DALILA................................
FICHA TÉCNICA
Data:  22/02/1993
Ordem de entrada:  8
Enredo:  Palmares, Um Grito de Liberdade
Carnavalesco:  não consta
Grupo:  Especial de Bairros
Classificação:  4º
Pontuação Total:  194,0
Nº de Componentes:  não consta
Nº de Alegorias :  ,
Nº de Alas :  não consta
Presidente:  não consta
Diretor de Carnaval:  não consta
Diretoria de Harmonia:  não consta
Mestre de Bateria:  não consta
Intérprete:  não consta
Coreógrafo da Comissão de Frente:  não consta
Rainha de Bateria:  não consta
Mestre-Sala:  não consta
Porta-bandeira:  não consta
SAMBA-DE-ENREDO
VERSÃO ESTÚDIO

FLOR DA VILA DALILA
COMPOSITORES: NILTON DA FLOR/ FILIPIM/ ANTONIO RAMOS

 

OH! PALMARES

TERRA DE BABÁS E IAÔS

LÁ O NEGRO ERA FELIZ

ABENÇOADO PELOS OLHOS DE XANGÔ

LIVRE DA CRUEL ESCRAVIDÃO

LONGE DA CHIBATA DO SENHOR

NUMA SOCIEDADE DE IRMÃOS

O NEGRO ESQUECIA A SUA DOR

PALMARES DO CANTO DO SABIÁ

DO BATUQUE, CAPOEIRA

DE AMOR, DO MEU CANTAR

DOS ORIXÁS, DA PRETA VELHA REZADEIRA

DOS QUINDINS ADOCICADOS

DO ABARÁ, DO CARURU E DO DENDÊ

EM NOITES DE LUA CHEIA

TINHA QUIZOMBA

ATÉ O DIA AMANHECER

 

BATE FORTE OS ATABAQUES

QUERO OUVIR OS SEUS TANTANS

PRA ZUMBI REI DOS PALMARES

A MINHA VILA HOJE É O SEU OGAN

 

E O REI ZUMBI

CORAJOSO CAPITÃO

DEFENDIA A SUA GENTE

ATÉ COM AS PRÓPRIAS MÃOS

JORGE VELHO BANDOLEIRO

BANDEIRANTE FANFARRÃO

SAIBA QUE PALMARES NÃO MORREU

PALMARES VIVE EM NOSSO CORAÇÃO

 

ÔÔÔÔ LÁ LÁ LAIÁ

BRILHA A LUZ DA LIBERDADE

A LUTA NUNCA PODE TERMINAR.

 

SINOPSE DO ENREDO


No h contedo para este opo.


FANTASIAS


No h contedo para este opo.



MAIS INFORMAÇÕES SOBRE G.R.C.E.S. FLOR DE VILA DALILA
HISTÓRIA | CARNAVAIS | HINO | CURIOSIDADES

 


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::
WWW.CARNAVALPAULISTANO.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!

Copyright ©2000-2016 | Todos os Direitos Reservados