::.. CARNAVAL 2013 - G.R.E.S. UNIÃO DA VILA ALBERTINA................................
FICHA TÉCNICA
Data:  10/02/2013
Ordem de entrada:  5
Enredo:  Ao abrir das cortinas uma ópera a céu aberto!
Carnavalesco:  Renato Lucena
Grupo:  Acesso de Bairros 1
Classificação:  6º
Pontuação Total:  178,3
Nº de Componentes:  não consta
Nº de Alegorias :  ,
Nº de Alas :  não consta
Presidente:  Reinaldo Luiz dos Santos(Tero)
Diretor de Carnaval:  não consta
Diretoria de Harmonia:  não consta
Mestre de Bateria:  Fernando Moreira
Intérprete:  Thiago Melodia
Coreógrafo da Comissão de Frente:  não consta
Rainha de Bateria:  não disponível
Mestre-Sala:  Everson
Porta-bandeira:  Angélica
SAMBA-DE-ENREDO
VERSÃO ESTÚDIO

Samba Enredo
COMPOSITORES: JORGINHO DO CAMISA, FELIPE UNIÃO E FERNANDÃO

ABREM-SE AS CORTINAS NOSSO SHOW... VAI COMEÇAR
PARTIU COM OS EUROPEUS... APORTOU NO MEU BRASIL
BAILAVAM E ENCANTAVAM, PIERRÔS E COLOMBINAS
NOS CORSOS, NOS CORDÕES, NO RIO DO MEU REDENTOR
EM SAMPA CHEGOU SE MODERNIZOU,
CORREU NAS VEIAS, PULSOU CORAÇÕES
TRAZENDO ALEGRIA... ENCANTOU!

NO MARACATU... O GALO DA MADRUGADA CANTOU,
TEM FREVO AGITANDO A MASSA
Ô, Ô, OLINDA ADIVINHA QUEM VEM LÁ?
O HOMEM DA MEIA NOITE NO FESTEJO POPULAR

BAHIA...OLODUM E SEUS TAMBORES
SEUS BATUQUES, SEUS AMORES,
FILHOS DE GANDHY É SEU AXÉ
CELEBRAÇÃO...
SAGRADO OU PROFANO O QUE SERÁ?
É O RETRATO DESTA FESTA
A VOZ QUE NÃO PODE CALAR
VILA ALBERTINA...
NESTA NOITE DE CONSAGRAÇÃO
COMUNIDADE APAIXONADA
BUSCANDO UM SONHO DE GRITAR É CAMPEÃO!!!

SOU UNIÃO... PRAZER EU SOU CARNAVAL,
EU SOU O SAMBA... ALEGRE E DIVINAL
E NESTA FESTA COM O MOMO EU SOU FOLIA
VENHO EMBALADO PELO SOM DA BATERIA

SINOPSE DO ENREDO
Autor: não disponível

Sinopse

O carnaval é o período de festas regidas pelo ano lunar no cristianismo da idade media, período este que era marcado pelo (adeus à carne) ou (carne vale) dando origem ao termo carnaval. Nessa ocasião havia uma grande concentração de festejos populares, na Grécia onde se originou, cada cidade brincava aos seus modos e costumes. No Brasil o carnaval é considerado a manifestação folclórica mais importante do mundo. Sendo assim, é com muito orgulho que iremos transformar a passarela do samba em um verdadeiro palco de artistas.

Esta forma de brincar chegou ao Brasil por volta do sec. XVII, e foi influenciada pelas festas carnavalescas que aconteciam na Europa. Em países como Itália e França, onde os foliões usavam máscaras e fantasias, personagens como a Columbina, o Arlequim, o Pierro e o Rei Momo, embora de origem europeia, foram incorporados ao carnaval brasileiro.

Os primeiros blocos carnavalescos começaram a aparecer no final do sec. XIX, com tradicionais cordões, embriões das futuras escolas de samba, e os famosos corsos estes se tornaram mais populares no começo do sec. XX, as pessoas se fantasiavam , decoravam seus carros, e em grupos desfilavam alegremente pelas ruas da cidade com muito lança perfume, confete e serpentina sem faltar as inocentes batalhas de água de cheiro. No sec. XX, o carnaval foi evoluindo e tornou-se cada vez mais uma festa popular, esta evolução ficou evidenciada com as marchinhas, um gênero musical predominante, que deixou o carnaval ainda mais animado.

A primeira escola de samba surgiu no Rio de janeiro com o sugestivo nome “Deixa falar” foi criada pelo sambista carioca Ismael Silva; anos mais tarde passaria a se chamar “Estácio de Sá”, a partir daí, o carnaval de rua começou a ganhar um novo formato surgindo, assim novas escolas de samba, tanto no Rio de janeiro como em São Paulo, organizando-se em LIGAS, deram inicio aos primeiros campeonatos, a fim de verificar quais eram a mais bonitas e animadas. Com desfiles suntuosos e sambas de enredo memoráveis o eixo Rio-São Paulo, tornou-se o maior expoente desse novo modelo.

Falar do carnaval de Recife e Olinda é falar de alegria. Durante cinco dias de festa as multidões animadas cantam e dançam frevo e maracatu (dois estilos musicais característicos da região) pelas ruas e ladeiras das cidades com a força de seus tambores e a importância de seus figurantes exaltam os ancestrais africanos. No Recife, entre os principais blocos de rua, está o Galo da Madrugada o maior do mundo. O bloco reúne mais de dois milhões de foliões que, fantasiados, dançam ao som do frevo.

Em Olinda o carnaval é marcado pela presença de bonecos gigantes, que seguem a temática da festa popular da cidade, o primeiro a surgir para divertir os foliões foi o “Homem da meia noite” que há 80 anos arrasta multidões pelas ruas da cidade.

Em Salvador, cujo carnaval é considerado o maior do mundo em participação popular, contagiando milhares de pessoas, que embaladas pelo som enlouquecedor dos trios elétricos, cantam e dançam as músicas de cantores da região, destacam-se também blocos afros como Olodum e o Ilê Aiyê, além de blocos de rua e do Afoxé filhos de Gandhy.

Impulsionado por esse fantástico celeiro de bambas, o samba desceu o morro e veio para asfalto em celebração ao nosso carnaval, que encanta e seduz pelo seu poder de irmanar sem distinção, celebridades e anônimos, ricos e pobres que juntos praticam o cerimonial regido pelos foliões. Esse fenômeno, que aproxima os opostos, torna exuberante a festa da raça e a figura do sambista brilha feliz. O carnaval seria profano pela nudez, pelo êxtase; seria sagrado pela energização que toca o sublime, eis aí a magnitude que só os Deuses ousariam profetizar. Para finalizar, é chegada a hora da consagração do samba, a União da Vila Albertina é o retrato da festa, e em mais um “ato de amor” nossos componentes derramarão na avenida toda garra, paixão e alegria desta comunidade que vive o carnaval intensamente, vamos bater latas, tambores, tamborins, porque nesta noite ao abrir das cortinas a avenida se transformará em um verdadeiro teatro... Uma ópera a céu aberto.

Montagem

COMISSÃO DE FRENTE. ARAUTOS DA FOLIA
ABRE ALAS DA MAGNITUDE E SUBLIME O CARNAVAL
1º ALA INFLUENCIA EUROPEIA ( ALA DAS BAIANAS)
2º ALA BAILE DE MASCARAS
3º Ala Cordões
4° ALA CARNAVAL RIO DE JANEIRO
1º CASAL DE MESTRE SALA E PORTA BANDEIRA
5º ALA CARNAVAL SÃO PAULO
BATERIA. MUSICALIDADE
6ºALA O FREVO (CRIANÇAS)
7º ALA MARACATU
8º ALA OLODUM
2º CASAL DE MESTRE SALA E PORTA BANDEIRA
8ºº ALA FILHOS DE GANDHI
9º ALA SAGRADO E PROFANO
10º ALA CONSAGRAÇÃO DO SAMBA

Eliminatórias

1ºA escolha do samba enredo do G.R.E.S. União da Vila Albertina para carnaval 2013 acontecerá de forma interna.
2° O júri interno será formado sempre por 5 (Cinco) pessoas , sendo as 2 (Duas) pessoas que forma a diretoria executiva, o carnavalesco , mestre de bateria e 3 (Três) pessoas que fazem parte da equipe de carnaval 2013.
3º A entrega da sinopse se dará a partir do dia 28/06/2012 com os diretores da escola.
4º Devera ser entregue as obras (os sambas) através de 01 (Um) CD ou uma gravação em boa condições 05 copias da letra do samba e ficha cadastral ( anexa a esse regulamento) com todos os dados dos compositores.
Obs.: Toda qualquer obra que chegar após ás 22hrs do dia 09/08/2012 impreterivelmente não participará da competição.
5º O resultado dos samba eliminados (nas audições) ocorrerá as quinta feira e será informado pelo presidente da escola diretamente ao compositor responsável da parceria em questão.
6º A divulgação das obras concorrentes nos site relacionados a carnaval fica a critério de cada compositor, a escola não se responsabilizara neste tipo de divulgação.
7º Será concedida a obra campeã a premiação de R$ 1.000,00 (Hum Mil Reais), onde será paga pela escola assim que a 1º (primeira) parcela referente ao carnaval 2013 for liberada, onde nesse mesmo momento deverá ser assinada por todos compositores a liberação da obra, cedendo todos os direitos da mesma para agremiação.
8º A obra que for escolhida esta ciente que o samba, passará a ser do G.R.E.S. União da Vila Albertina portando a mesma poderá ser alterada conforme necessidade da escola.
9º Esta sendo entregue para compositor Sinopse, Montagem, Regulamento, Ficha Cadastral.
10ª A entregar a obra (samba) Na Rua: Comendador Armando Pereira (bar do Malas = Italo)
11º O resultado fica critério da escola, sabemos que todos querem vencer mais... Infelizmente, precisamos escolher 1º (um), desde já muito obrigado a todos compositores.

FANTASIAS


No h contedo para este opo.



MAIS INFORMAÇÕES SOBRE G.R.E.S. UNIÃO DA VILA ALBERTINA
HISTÓRIA | CARNAVAIS | HINO | CURIOSIDADES

 


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::
WWW.CARNAVALPAULISTANO.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!

Copyright ©2000-2016 | Todos os Direitos Reservados