::.. CARNAVAL 1996 - G.R.C.C.C. CAMISA 12................................
FICHA TÉCNICA
Data:  16/02/1996
Ordem de entrada:  10
Enredo:  Caiu no Real
Carnavalesco:  não consta
Grupo:  BLOCOS - Especial
Classificação:  0º
Pontuação Total:  não consta
Nº de Componentes:  1100
Nº de Alegorias :  3,
Nº de Alas :  3
Presidente:  Cláudio Faria Romero
Diretor de Carnaval:  não consta
Diretoria de Harmonia:  não consta
Mestre de Bateria:  não consta
Intérprete:  Carlão Maneiro, Filé e XixaVitor e Gui
Coreógrafo da Comissão de Frente:  não consta
Rainha de Bateria:  não consta
Mestre-Sala:  Não Possui
Porta-bandeira:  Karim
SAMBA-DE-ENREDO
VERSÃO ESTÚDIO

CARNAVAL 1996 TEMA
COMPOSITORES: ZÉ CARLOS/ XIXA

 

Uma dúzia de motivos pra gostar de mim

Deixe de lado essa pose

O preto e branco Está no coração

Eu sou Timão, eu sou CAMISA 12

Quero esquecer o passado, enterrar a tristeza

E cair na folia

 

Explode a emoção

CORINTHIANS Campeão

A 12 é só alegria

 

O povo se cansou dessa situação

Miséria, desemprego, inflação

Tem poucos com muito e muitos sem nada

A elite em campo, vivemos na Arquibancada

Levanto a bandeira da democracia

Swinga minha bateria

És a minha sinfonia

 

Nesse embalo caio no Real, faço meu carnaval

Pro povo sambar

Negros, brancos, ricos e pobres, caem no meu pagode

Até Quarta-feira chegar.

 

SINOPSE DO ENREDO
O Grêmio Recreativo
Autor: Cláudio Faria Romero

 

Estamos sentados na arquibancada da vida. Com esperança, cheio de vontade, aguardamos a chegada de um novo tempo, onde as oportunidades sejam reais, com o povo tendo acesso ao mínimo necessário. É como ver passar na Avenida, sob a marcação forte da bateria, o Estandarte da Liberdade, com a perspectiva do destino do povo melhorar em um país continente, em que poucos detém o que deveria ser de todos.

A passarela do samba retrata a vida. Já passou da hora de "virar a página", pois várias gerações foram iludidas com promessas de um futuro melhor, mas o presente que vivemos copia os erros do passado. Nossa juventude, que pintou a cara pela decência na política, é a mesma que hoje está sendo obrigada a ouvir de nosso maior governante a frase "esqueçam o que eu escrevi", e presidir o Brasil com a leite e para a elite.

Manifestações populares são contestadas; querem trocar a alegria das torcidas, com suas bandeiras, faixas e instrumentos por mais lugares para os mais ricos, em um atentado à democracia do futebol, conquistada em um esporte que no passado era privilégio da classe A.

Vários planos prometeram acabar com a inflação, e o Real conseguiu; infelizmente, ao mesmo tempo, o desemprego aumentou, bancos faliram, a educação e a saúde estão cada vez mais longe do povão, que vê a miséria aumentar e a falta de moradia crescer.

Vamos pessoal, lutar para manter ao menos o que conquistamos, o samba e o futebol, são do povo e nada como juntar tudo isso na alegria de ver o Corinthians campeão.

Ai, neste momento, brancos, negros, pobres e ricos, todos na comemoração da conquista. Essa união é um exemplo para as batalhas do cotidiano, visando uma sociedade mais justa.

E o povo "Caiu no Real", vendo sua esperança desaparecer, acordando para a vida, descendo da arquibancada e percebendo que a oportunidade é uma ilusão, e o dia a dia é difícil de ganhar...

 

FANTASIAS


No h contedo para este opo.



MAIS INFORMAÇÕES SOBRE G.R.C.C.C. CAMISA 12
HISTÓRIA | CARNAVAIS | HINO | CURIOSIDADES

 


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::
WWW.CARNAVALPAULISTANO.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!

Copyright ©2000-2016 | Todos os Direitos Reservados