::.. CARNAVAL 1996 - G.R.B.C.E.S. COBRAS DO BUTANTÃ................................
FICHA TÉCNICA
Data:  18/02/1996
Ordem de entrada:  10
Enredo:  O Samba Também é Saudades
Carnavalesco:  não consta
Grupo:  Seleção - B
Classificação:  Desclassificada
Pontuação Total:  - - -
Nº de Componentes:  230
Nº de Alegorias :  1,
Nº de Alas :  9
Presidente:  Alcides Lemos Silva
Diretor de Carnaval:  não consta
Diretoria de Harmonia:  não consta
Mestre de Bateria:  não consta
Intérprete:  Bento e Jordana
Coreógrafo da Comissão de Frente:  não consta
Rainha de Bateria:  não consta
Mestre-Sala:  não consta
Porta-bandeira:  Sonia Regina Soares
SAMBA-DE-ENREDO

UNIDOS DE VILA MARIA
COMPOSITOR: AUGUSTO VARIEDADE

 

É ATAULFO ALVES

AI QUE SAUDADE ME DÁ

DAQUELES TEMPOS

QUE VIVIA LÁ NA ROÇA

ESCONDIA NA PACHOCA

E BRINCAVA PELO O CHÃO

 

PROFESSORINHA

ME ENSINOU O “B A BÁ”

ERA DIA DE DOMINGO NA MATRIZ IA REZAR

CABOCLO AMIGO

REPENTISTA E SERTANEJO

HOMEM FORTE E GUERREIRO

VENCEDOR DE PREMIAÇÃO

 

FOI LÁ NO RIO DE JANEIRO

QUE ELE ENCANTOU O BRASIL INTEIRO

FOI BOÊMIO E FEZ CANÇÃO

 

AMÉLIA, QUE ERA MULHER DE VERDADE Ê Ê Ê...

QUEM AMA SENTE SAUDADE

RECORDANDO O QUE SE FOI

 

LARANJA MADURA

NA BEIRA DA ESTRADA

TÁ BICHADA ZÉ

OU TEM MARIMBONDO NO PÉ

 

É É É É, BUTANTÃ COMO QUE É

EU SOU COBRA, EU SOU FELIZ

SOU MENINO E O SAMBA DIZ

MIRAI...

 

SINOPSE DO ENREDO
O Grêmio Recreativo
Autor: Dirceu Roberto

 

As Minas Gerais, entre suas mil riquezas nos legou, de uma cidadela pequena com o nome de Miraí o grande sambista "Ataulfo Alves", nascido a 2 de maio de 1909, filho de violeiro e repentistas, ele soube como poucos compositores enfrentar o samba urbano, contou com provérbios e expressões populares.

Os seus sambas de maior sucesso, sempre cantaram os ditos dos nossos caboclos.

E foi através de Leva Meu Samba, Quem Canta Seus Males Espanta, Laranja Madura na Beira da Estrada Está Bichada, o Zé ontem marimbo dá no pé, Quando a esmola é muita até o santo desconfia, entre outras expressões populares que deu ao povo o samba que o povo jamais esquece.

Ataulfo amou acima de tudo suas origens caboclas, sendo o maior sambista negro da história popular brasileira.

Nos tempos de hoje eu daria tudo que pudesse para voltar a ser criança, mas não sei porque a gente cresce e não sai da mente esta lembrança, aos domingos a missa na matriz da cidade onde nasci, oh! meu Deus! Como era tão feliz no meu pequeno "Miraí", eu igual a todas as meninadas, quantas travessuras eu faria, jogos de botões pela calçadas eu era feliz e não sabia. Que saudades da professorinha que me ensinou o Be a Bá..., onde anda a Mariazinha, meu primeiro amor onde andarás.

Sendo Ataulfo, o nobre caboclo brasileiro nós da Escola Cobras do Butantã e os Meninos Lá de Casa temos saudades das Amélias que ele cantava num sonho de cantar, Ataulfo jamais será esquecido no coração de nós que não podemos ser um caboclo tão famoso e saudoso.

 

FANTASIAS


No h contedo para este opo.



MAIS INFORMAÇÕES SOBRE G.R.B.C.E.S. COBRAS DO BUTANTÃ
HISTÓRIA | CARNAVAIS | HINO | CURIOSIDADES

 


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::
WWW.CARNAVALPAULISTANO.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!

Copyright ©2000-2016 | Todos os Direitos Reservados