::.. CARNAVAL 1996 - G.R.C.E.E.S. CAPRICHOSOS DE V. BRASILÂNDIA................................
FICHA TÉCNICA
Data:  18/02/1996
Ordem de entrada:  5
Enredo:  Reciclagem, A Alma do Negócio
Carnavalesco:  não consta
Grupo:  Seleção - B
Classificação:  2º
Pontuação Total:  78,0
Nº de Componentes:  200
Nº de Alegorias :  2,
Nº de Alas :  10
Presidente:  Deusa Luciano da Silva
Diretor de Carnaval:  não consta
Diretoria de Harmonia:  não consta
Mestre de Bateria:  não consta
Intérprete:  Maria Aparecida Miguel
Coreógrafo da Comissão de Frente:  não consta
Rainha de Bateria:  não consta
Mestre-Sala:  Flávio Ricardo
Porta-bandeira:  não consta
SAMBA-DE-ENREDO

PASSO DE OURO
COMPOSITORES: JORGE STYLLUS/ BARTHOLO/ CARECA/ ZICA

 

QUANDO RAIAR O DIA

VOCÊ VAI FESTEJAR

O CAPRICHOSOS SEM NENHUMA VAIDADE

COM TODA SIMPLICIDADE

VAI DESFILAR

 

SE LIGA RECICLAR

É UM BOM NEGÓCIO

RESPEITO NATURAL

PRESERVANDO A ECOLOGIA

ENVOLVENDO A MAGIA

DOS NOSSOS CARNAVAIS

 

E HOJE ESQUECENDO A NOBREZA

SELETAR É UMA BELEZA

TAÍ O NOSSO CARNAVAL

 

TRAZ UM SAQUINHO PRA CÁ

LEVA A GARRAFA PRA LÁ

NÃO ESQUEÇA OS METAIS

 

E O PAPEL

QUANDO VOCÊ RESPIRAR

SINTA A LEVEZA NO AR.

 

SINOPSE DO ENREDO
O Grêmio Recreativo
Autores: José Thomaz da Costa e Antonio Marcos da Costa

 

PORQUE RECICLAR?

A tecnologia e seu resultante progresso, trouxeram a civilização conforto, transporte e melhoria nos níveis de vida, mas infelizmente, também nos trouxeram destruição do Meio Ambiente e a poluição nos ricos sistemas de mananciais.

Plásticos, metais, papéis e produtos químicos são lançados, usados na maioria das vezes, suas sobras são sumariamente descartadas na natureza, com isso os recursos naturais estão se destruindo rapidamente, e a poluição cresce a níveis assustadores.

Com uma idéia simples e prática e tão velha como natureza, podemos reduzir praticamente esses impactos negativos na nossa casa, que é o Planeta Terra, reciclagem.

A reutilização de materiais industrializados como plástico, vidros, metais e papéis, é a solução mais inteligente e ecologicamente correta, para que nossos recursos naturais não estejam exauridos em breve, e os níveis de poluição não cheguem a um padrão insuportável.

Para termos um exemplo básico é só sabermos que as reservas mundiais de petróleo não durarão mais que 66 (sessenta e seis) anos, e toda a matéria plástica e inúmeros produtos químicos derivam do petróleo, uma fonte de energia não recomendável.

Baseado nisso, a Caprichosos da Vila Brasilândia, vem nesse Carnaval demonstrar como a reciclagem de materiais é a salvação da Ecologia Mundial.

Nos países desenvolvidos o ato de reciclar é estimulado e apoiado pelos governos como metas a serem cumpridas, pois pesquisas recentes, mostram como uma pessoa comum pode contribuir para a redução da poluição e o esgotamento dos recursos, pois ela joga em uma ano o equivalente a 10 (dez) vezes o seu peso em lixo, que pode ser reciclado assim distribuídos: Cento e oitenta latas de bebidas, cento e dez garrafas, ou vidros, setenta latas de alimentos, sessenta quilos de plásticos.

É o equivalente a duas árvores de oito metros de altura de papel e papelão.

Em certos países, 60% disso chega a ser reciclado. No Brasil e em outros países de Terceiro Mundo as vezes não chega a 10%, só para termos idéia, só 25% do papel velho é reciclado no Brasil, enquanto no Japão 70% dele.

Já os metais, que junto ao papel é a matéria prima mais fácil de se aproveitar, o nosso país não aproveita 60%, sendo que o restante é simplesmente descartado na natureza e nos aterros sanitários, populares "lixões".

Os vidros, a segunda matéria a ser industrializada na história da humanidade, depois de perderem muito espaço para os plásticos, também não suficientemente reaproveitados, o que deveria ser, pois é considerado menos inofensivo ao meio ambiente do que os plásticos.

A Caprichosos lembra que além da questão ecológica, o fator econômico é um ponto importante, pois a reciclagem economiza dinheiro e gera empregos direto ou indiretamente.

Logicamente quem mais investe nessa área são países em desenvolvimento que precisam, justamente, de divisas e empregos em suas populações, pouco se investe na coleta seletiva, ocorre que se dá o primeiro passo na reciclagem, quando os detritos urbanos são coletados em separado com plásticos, papéis, vidros e metais, transformando-se em recipientes separados, e na própria reciclagem que tem um retorno e giro rápido de capital, fazendo que seja um ótimo investimento, haja visto que os compradores e vendedores de sucata, desde o mais humilde catador de papel e o pequeno ferro velho, as Cooperativas de Catadores que estão surgindo, aos grandes depósitos de sucata e Usinas de Processamento, já muito perceberam que reciclar é a alma do negócio!

 

FANTASIAS


No h contedo para este opo.



MAIS INFORMAÇÕES SOBRE G.R.C.E.E.S. CAPRICHOSOS DE V. BRASILÂNDIA
HISTÓRIA | CARNAVAIS | HINO | CURIOSIDADES

 


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::
WWW.CARNAVALPAULISTANO.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!

Copyright ©2000-2016 | Todos os Direitos Reservados