::.. CARNAVAL 1996 - G.R.C.E.S. ERMELINENSE................................
FICHA TÉCNICA
Data:  18/02/1996
Ordem de entrada:  4
Enredo:  Ser Sambista Não é Pecado
Carnavalesco:  não consta
Grupo:  4
Classificação:  7º
Pontuação Total:  82,0
Nº de Componentes:  500
Nº de Alegorias :  4,
Nº de Alas :  10
Presidente:  Laerte Firmino
Diretor de Carnaval:  não consta
Diretoria de Harmonia:  não consta
Mestre de Bateria:  não consta
Intérprete:  Mister Jacy e Filé
Coreógrafo da Comissão de Frente:  não consta
Rainha de Bateria:  não consta
Mestre-Sala:  Carlos de Lima
Porta-bandeira:  Arnalda
SAMBA-DE-ENREDO

PASSO DE OURO
COMPOSITOR: JACY FLORA DE AGUIAR (MISTER JACY)

 

MEU LINDO CANTO VAI EMBALAR

ESSE POVO, ESSA GENTE QUE ADORA SAMBAR

SOU ERMELINENSE TENHO HISTÓRIAS A CONTAR

SER SAMBISTA NÃO É PECADO

VEM PRO MEU LADO E DEIXA O CORPO BALANÇAR

 

O SAMBA NÃO É COMO SE IMAGINA

UM BOTEQUIM, UMA CERVEJA OU UM BILHAR

POETAS, CANCIONEIROS E TROVADORES

SE INSPIRAM EM AMORES

SEJA NO MORRO OU EM QUALQUER LUGAR

 

RELUZ A LUA, A ESTRELA COR DE PRATA

REFLATANDO AS GUERREIRAS, OS DEUSES E OS ORIXÁS

VITÓRIA-RÉGIA E O BOTO COR-DE-ROSA

SÃO LENDAS QUE O PASSADO ME FAZ RELEMBRAR

 

O CÉU É TESTEMUNHA

DAS CANÇÕES QUE ME FAZ SONHAR

NEGROS E BRANCOS DANÇAM FREVO E O MARACATU

ESTA MAGIA ME DELIRAR

 

PALHAÇOS, PIERRÔ E COLOMBINA

HOJE EU SOU QUEM EU QUISER

NO TEATRO DESSA VIDA, SOU O REI DESSA AVENIDA

COM MUITO ORGULHO LEVO O SAMBA NO PÉ

 

OLHA PRO INFINITO

POESIAS QUE SE ESPALHAM PELO AR

CANTAM EM CORO EM TOM DE FELICIDADE

VOU MATAR MINHA SAUDADE, POIS UM DIA EU CHEGO LÁ.

 

SINOPSE DO ENREDO
O Grêmio Recreativo
Autor: Luiz Marques Gipione

 

Foram muitos anos de glória, a raiz do samba tem muita história para contar. Ser sambista não é pecado.

O samba fez o seu nome. Tem nos anais e muitos carnavais o canto desses maiorais.

Então caindo nas graças do povo meu samba é da maior qualidade.

Deixe que essa raiz venha nos ensinar um lindo canto que faz embalar principalmente a alma do nosso povo.

DESENVOLVIMENTO

Um morro, um botequim, uma mesa e uma cerveja gelada, esta é a idéia geral que fazem de um sambista.

Essas pessoas maravilhosas com suas mentes férteis, fazem com que fiquemos ligados nas ondas sonoras do rádio, e assim tomamos conhecimento de sambas que são verdadeiras obras primas e, que com o passar dos tempos tornam-se clássicos do nosso cancioneiro popular.

As notas musicais bailam sobre nossas cabeças, nos transportando a lugares e épocas antes imaginados.

Samba de negros e brancos que cantam o maracatu, o frevo e as lendas e os mistérios da Amazônia. Que cantam os cultos aos orixás, as lendas do boto cor-de-rosa, da vitória-régia às mulheres guerreiras da Amazônia. Que cantam a terra, o céu, a lua, as estrelas e as histórias sobre pessoas que tanto colaboraram para que o espetáculo continuasse.

Se é pecado ser sambista, então também é pecado sambar. Seja numa pista de dança ou nas passarelas do samba, mesmo sem admitir, todas as pessoas transformaram-se em sambistas. Seja na Marquês de Sapucaí, na capital mundial do samba, ou no sambódromo em São Paulo, onde samba de melhor qualidade se faz, se pessoas transformam-se em reis, piratas, condes ou príncipes para viver um sonho que for alimentado durante todo um ano para ser vivido em um só dia.

Neste teatro da vida, onde toda sensibilidade de vários sambistas são necessárias, temos nomes que equivalem a uma enciclopédia de conhecimentos, desde compositores, cantores ou componentes de uma agremiação que se dedique a enaltecer o samba.

Entre palhaços, pierrot e colombinas, encontramos nomes da nossa sociedade, antes só vistas em colunas sociais, porém na sua maioria o sambista é de origem humilde e vive apenas e tão somente, com seus poucos recursos. Alimenta seu sonho durante doze meses para levar toda sua alegria e contagiar a avenida. Assim agiram vários nomes ilustres do nosso samba.

Hoje com certeza todo sambista se lembra de nomes como Noel Rosa, Cartola, que gravaram seus nomes com letras de ouro no samba carioca, ou de Nego e tantos outros que fizeram do samba a sua vida aqui em São Paulo.

Aqueles sambistas que continuam a nos dar alegria, como Dona Ivone Lara, Martinho da Vila, Royce, Tobias, nós podemos dar como certeza o nosso agradecimento.

Os que subiram para o andar de cima, deixaram em nós a lembrança e o agradecimento por tudo que fizeram em prol do samba. Eles hoje fazem seu samba acompanhados de um coral de anjos, nos deixando como certeza, que ser sambista não é pecado e que em breve também estaremos fazendo com eles samba no céu. Além do coral, harpa de anjo será violão, Gabriel será o Piston, e com certeza será muito bom fazer samba no céu, pois:

Boas vindas à ala de compositores,

Esperamos que sejam bons os carnavais.

Se sambista não é pecado.

 

FANTASIAS


No h contedo para este opo.



MAIS INFORMAÇÕES SOBRE G.R.C.E.S. ERMELINENSE
HISTÓRIA | CARNAVAIS | HINO | CURIOSIDADES

 


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::
WWW.CARNAVALPAULISTANO.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!

Copyright ©2000-2016 | Todos os Direitos Reservados