::.. CARNAVAL 2000 - G.R.C.S.E.S. ÁGUIA DE OURO................................
FICHA TÉCNICA
Data:  03/03/2000
Ordem de entrada:  4
Enredo:  A Formação do Povo Brasileiro
Carnavalesco:  Paulo Fuhro e Victor Santos
Grupo:  Especial
Classificação:  7º
Pontuação Total:  195,0
Nº de Componentes:  não consta
Nº de Alegorias :  não consta
Nº de Alas :  não consta
Presidente:  Sidnei Carrioulo Antonio
Diretor de Carnaval:  não consta
Diretoria de Harmonia:  não consta
Mestre de Bateria:  não consta
Intérprete:  Douglinhas Aguiar
Coreógrafo da Comissão de Frente:  não consta
Rainha de Bateria:  não consta
Mestre-Sala:  não consta
Porta-bandeira:  não consta
SAMBA-DE-ENREDO
VERSÃO ESTÚDIO

ÁGUIA DE OURO

COMPOSITORES: REGIANNO/ EDU CHAVES/ ALMIR ESPÍNOLA

 

ÁGUIA DE OURO NA AVENIDA

VEM... E FAZ SONHAR

SOU O POVO BRASILEIRO

HOJE FELIZ E FESTEIRO

DIVINA FOI A MINHA FORMAÇÃO

FUI UM BRAVO BANDEIRANTE... CONQUISTEI

VINDO EM BUSCA DE RIQUEZAS... ENCONTREI

DO ALÉM-MAR CHEGUEI

FORMEI UMA NAÇÃO

UM PARAÍSO DE FASCINAÇÃO!

 

ÍNDIO CANTA, ÍNDIO BATE... TAMBOR

ÍNDIO DANÇA, ÍNDIO É ARTE... E AMOR

EM MORENA EU VI O SOL E A LUA

NAS MISSÕES NOVA MENTE PLANTEI!

 

SOU REI ZUMBI (Ô...Ô...Ô)

SOU FORÇA, SOU GRAÇA (Ô...Ô...Ô)

"GUERREIRO DA RAÇA" (Ô...Ô...Ô)

UM SONHO DE LIBERDADE

MEU BRASIL

MISTURA E MAGIA (É...É...É)

É MINHA ALEGRIA

MEU MUNDO DE FELICIDADE!

 

A MINHA ÁGUIA A BRILHAR... É OURO

E A BATERIA ARREPIAR... NO COURO

NOSSA POMPÉIA "TÁ QUE TÁ"... A MIL

EU VOU "ZOAR", VOU GRITAR... BRASIL!

 

SINOPSE DO ENREDO
O Grêmio Recreativo
Autores: Victor Santos e Paulo Führo

 

PRÓLOGO

Baseado na obra de Darcy Ribeiro. O povo brasileiro, e em diversos escritos de Mário de Andrade e Euclides da Cunha, o enredo do Águia de Ouro busca visualizar, dentro do universo onírico permitido pelo carnaval, os fatos históricos formadores da nossa característica como povo.

O Brasil é formado por três culturas básicas, índio, branco e negro, que serão destacadas ao longo do desenvolvimento do desfile.

ENREDO

O Brasil, nação da esperança, é cantada pelo Águia de Ouro, num desfile de sonhos. O sambista procura suas origens como brasileiro. Procura seu rosto na história de sua gente.

O Águia de Ouro, iluminado pelas divindades, canta o seu sonho de como o povo brasileiro se formou. Povo criado à imagem e semelhança dos Deuses.

As culturas se fundiram formando o rosto forte de esperança que reluz no cenário mundial.

O país que esbanja riquezas naturais tem como sua maior riqueza um povo que tem a alegria como brasão.

O Águia de Ouro inicia o seu sonho vislumbrando o Quilombo das três raças, o ouro sagrado dos deuses e pergunta sobre a sua origem. Através de uma viagem ao passado passa a ver sua história. Vê-se na pele dos bandeirantes. Homens que desafiavam os mistérios e perigos das matas em busca de riquezas. Vê-se índio, dono da terra e amante da natureza. Contempla a arara sagrada que o leva até Morenah, o paraíso sagrado dos índios, onde a vida não possuía fim.

Foi o Jesuíta nas Missões que defendeu os índios, que tentou criar uma cultura cristã-indígena.

Vê-se na pele de Zumbi dos Palmares, negro com força e com graça, o guerreiro da raça que lutou pela liberdade.

O sonho termina quando o folião descobre que o Brasil é uma grande festa onde a magia está presente em todos os elementos de sua cultura. O Brasil traz dentro de si um mundo de felicidade. O gigante adormecido desperta na avenida.

 

FANTASIAS


No h contedo para este opo.



MAIS INFORMAÇÕES SOBRE G.R.C.S.E.S. ÁGUIA DE OURO
HISTÓRIA | CARNAVAIS | HINO | CURIOSIDADES

 


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::
WWW.CARNAVALPAULISTANO.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!

Copyright ©2000-2016 | Todos os Direitos Reservados